Jornalista britânico Dom Phillips está desaparecido no Brasil

Rio de Janeiro, 6 de junho de 2022 – As autoridades brasileiras devem realizar uma busca imediata e minuciosa pelo jornalista Dom Phillips e garantir que ele seja encontrado o mais rápido possível, disse segunda-feira o Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ). Phillips, jornalista britânico freelancer, estava em viagem jornalística no território indígena do Vale…

Read More ›

Jornalista brasileiro relata que vereador o atacou a pedradas no estado de Minas Gerais

Rio de Janeiro, 20 de maio de 2022 – As autoridades do estado de Minas Gerais devem investigar detalhadamente o ataque ao jornalista Alexandre Megale e responsabilizar o autor do crime, disse o Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ) na sexta feira.  O jornalista Alexandre Megale afirmou que, no início da tarde de  16 de…

Read More ›

Forças de segurança angolanas atacam jornalistas que cobriam despejos em Luanda

A 13 de abril de 2022, oficiais militares e policiais na capital angolana de Luanda impediram os repórteres Daniel Fernandes e Romão De Jesus de noticiar sobre a demolição de casas para dar lugar a um novo aeroporto na cidade, de acordo com reportagens dos media e ambos os jornalistas, que falaram ao CPJ por…

Read More ›

CPJ se une a apelo para que autoridades brasileiras e candidatos nas eleições respeitem a liberdade de imprensa

O Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ) juntou-se a 10 grupos e organizações da sociedade civil, brasileiros e internacionais, atuando sobre a liberdade de imprensa em uma declaração que marcou o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, 3 de maio de 2022, reivindicando que as autoridades brasileiras e candidatos nas próximas eleições respeitem o papel…

Read More ›

CPJ condena novo adiamento do julgamento dos acusados do assassinato do jornalista brasileiro Valério Luiz de Oliveira

Rio de Janeiro, 2 de maio de 2022 – O Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ) expressou o seu desapontamento com notícias da imprensa de que um tribunal brasileiro voltou a adiar o julgamento do júri de cinco homens acusados do assassinato, em 2012, do conhecido jornalista esportivo Valério Luiz de Oliveira. O julgamento foi…

Read More ›

‘Um pesadelo que não acaba’: A luta de um filho, ao longo de uma década, na busca por justiça pelo assassinato do jornalista esportivo Valério Luiz de Oliveira

No dia 05 de julho de 2012, Valério Luiz de Oliveira Filho estava em casa esperando seu pai chegar para almoçar quando recebeu um telefonema de sua madrasta. “Vai pra rádio”, ela disse em prantos, segundo ele. “Seu pai tomou um tiro.” Seu pai, Valério Luiz de Oliveira, um conhecido jornalista esportivo na cidade de…

Read More ›

No Brasil, polícia foi chamada após jornalistas buscarem comentários de empresa britânica de mineração

Rio de Janeiro, 6 de abril de 2022 – A empresa de mineração Brazil Iron precisa respeitar o direito dos jornalistas de informar sobre assuntos de interesse público, e não deve ameaçar os membros da imprensa com prisão, disse o Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ). Em 28 de março, um funcionário da subsidiária brasileira…

Read More ›

Jornalistas brasileiros feridos por artefatos explosivos em protesto de policiais

Rio de Janeiro, 18 de março de 2022 – As autoridades do estado brasileiro de Minas Gerais devem investigar prontamente os recentes ataques a jornalistas que cobriam um protesto de policiais e garantir que os responsáveis prestem contas, disse o Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ) na sexta-feira. Em 9 de março, durante um protesto…

Read More ›

Jornalistas angolanos interrogados em queixa por difamação criminal por reportagem sobre tráfico de armas

Dois repórteres, José Kalembe e Diamantino Sangueve, da Rádio Ecclésia Huambo gerida pela Igreja Católica, e o seu diretor, Padre Alberto Java, foram interrogados pela polícia angolana nos dias 6 e 26 de janeiro como parte de uma queixa por difamação criminosa e calúnia depois de uma reportagem sobre os alegados negócios de tráfico de…

Read More ›

Autoridades investigam 3 jornalistas cabo-verdianos após reportagem sobre homicídio cometido pela polícia

Em janeiro e fevereiro de 2022, as autoridades de Cabo Verde abriram investigações a três jornalistas por “desobediência qualificada”, devido a reportes sobre uma investigação secreta de um assassinato policial, que alegadamente envolve um ministro e que, após sete anos, não apresentou suspeitos, de acordo com os jornalistas e reportagens noticiosas. A 26 de janeiro…

Read More ›