Brasil

Notícias   |   Brasil

Justiça brasileira ordena que revista online Crusoé remova artigo sobre juiz

Manifestantes estendem uma faixa nas cores da bandeira brasileira durante um protesto contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Rio de Janeiro, Brasil, em 3 de abril de 2018. Um tribunal brasileiro ordenou que a revista on-line Crusoé removesse uma reportagem sobre um juiz. 15 de abril de 2019. (AP Photo/Silvia Izquierdo)

São Paulo, 16 de abril de 2019 - O Supremo Tribunal Federal brasileiro deve revogar a decisão de censurar e multar uma revista on-line e abster-se de censurar os meios de comunicação, afirmou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

abril 17, 2019 12:56 PM ET

Também disponível em
English

Blog   |   Brasil

Bolsonaro está dificultando o trabalho dos jornalistas brasileiros

Jornalistas acompanham o Facebook Live de Jair Bolsonaro, legislador de extrema direita e candidato presidencial do Partido Social Liberal (PSL), no Rio de Janeiro, Brasil, em 7 de outubro de 2018. Depois de assumir o cargo em janeiro, Bolsonaro e seus partidários tornaram o trabalho dos jornalistas brasileiros mais difícil. (Reuters/Sergio Moraes)

Andrew Downie /Correspondente do CPJ no Brasil

Primeiro como candidato e agora em seus primeiros meses como presidente, Jair Bolsonaro deixou claro seu desdém pela imprensa. Ministros, apoiadores e membros de sua família seguiram seu exemplo deixando de conceder entrevistas, atacando e bloqueando repórteres críticos nas redes sociais, e chamando-os de "notícias falsas".

março 22, 2019 3:47 PM ET

Também disponível em
English

Blog   |   Brasil

Antes do dia da posse, mídia brasileira se prepara para Bolsonaro

O novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, à direita, fala à imprensa em Brasília no dia 27 de novembro. Jornalistas no Brasil dizem que esperam que o clima hostil vivido durante a eleição continue depois da posse de Bolsonaro. (AFP / Evaristo Sa)

Andrew Downie / Correspondente do CPJ Brasil

Muito antes de um de seus fotógrafos ser assediado na noite das eleições no Brasil, os editores do jornal O Povo, de Fortaleza, estavam se reunindo com seus leitores e funcionários para discutir o ambiente cada vez mais polarizado e como lidar com isso.

janeiro 2, 2019 5:00 PM ET

Também disponível em
English

Afeganistão, Brasil, Estados Unidos, México

Quase o dobro de jornalistas assassinados em represália por seu trabalho eleva o número de jornalistas mortos

O jornalista saudita Jamal Khashoggi fala em um evento organizado pelo Middle East Monitor [Monitor do Oriente Médio] em Londres, em 29 de setembro de 2018. Ele foi morto no consulado saudita em Istambul, na Turquia, em 2 de outubro. (Middle East Monitor/Handout via Reuters)

Jornalistas da Arábia Saudita ao Afeganistão e aos EUA foram alvo de assassinato em 2018 em represália por seu trabalho, elevando o total de jornalistas mortos em serviço para a mais alta cifra em três anos. O número de jornalistas mortos em conflitos caiu para o nível mais baixo desde 2011. Um relatório especial do CPJ por Elana Beiser

dezembro 19, 2018 12:00 AM ET

Brasil, DECLARAÇÕES

CPJ insta o Brasil a acabar com o uso da difamação para perseguir jornalistas

O blogueiro esportivo Paulo Cezar de Andrade Prado está cumprindo pena de prisão por acusação penal de difamação. (Foto da família)

Nova York, 13 de dezembro de 2018 - As autoridades brasileiras devem deixar de processar os jornalistas por difamação na esfera penal e revogar as leis antiquadas de difamação do país, afirmou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). A polícia levou Paulo Cezar de Andrade Prado, blogueiro conhecido como "Paulinho", sob custódia em 9 de novembro para cumprir uma sentença de prisão por difamação, de acordo com grupos de direitos locais.

dezembro 14, 2018 11:52 AM ET

Também disponível em
English

Relatórios   |   Brasil, China, Egypt, Etiópia, Iran, Myanmar, Rússia, Syria, Venezuela

Centenas de jornalistas presos em todo o mundo se torna a norma

O jornalista da Reuters, Kyaw Soe Oo, é levado algemado de um tribunal em Yangon em setembro. Ele e seu colega Wa Lone estão cumprindo penas de sete anos de prisão em Mianmar. (Reuters / Ann Wang)

Pelo terceiro ano consecutivo, 251 ou mais jornalistas estão presos em todo o mundo, sugerindo que a abordagem autoritária à cobertura crítica de notícias é mais do que um pico temporário. China, Egito e Arábia Saudita aprisionaram mais jornalistas do que no ano passado, e a Turquia continuou sendo o pior carcereiro do mundo. Um relatório especial do CPJ por Elana Beiser

dezembro 13, 2018 12:00 AM ET

Também disponível em
English, العربية, 中文, Français, Русский, Español, Türkçe

Blog   |   Brasil

CPJ une-se a convocação a candidatos à presidência do Brasil para condenar ameaças contra jornalistas

Homem em uma banca em Brasília, em 8 de outubro, lê sobre o primeiro turno das eleições no Brasil. O CPJ e outros grupos de direitos humanos estão pedindo aos candidatos que denunciem ameaças à imprensa. (AFP / Evaristo SA)

O Comitê para a Proteção dos Jornalistas se uniu a outras cinco organizações de direitos humanos para convocar os candidatos à presidência do Brasil a denunciar as ameaças e a violência contra jornalistas que cobrem a campanha eleitoral e pedir que apoiem o fim do assédio aos repórteres.

outubro 31, 2018 6:19 PM ET

Também disponível em
English

Blog   |   Brasil

Como os "comunicadores étnicos" do Brasil estão ajudando os povos indígenas a encontrar sua voz

Renata Machado, fundadora da Rádio Yandê, na foto com o logotipo da estação. A Rádio Yandê é um dos poucos veículos que conta as histórias dos povos indígenas do Brasil em seus próprios termos. (Alfredo Boc Boc)

Andrew Downie/Correspondente do CPJ no Brasil

As pessoas que dirigem a Rádio Yandê, um portal digital brasileiro dedicado às questões indígenas, têm muitas palavras para definir o que fazem, mas mesmo que o site tenha histórias, vídeo e áudio, nenhuma dessas definições inclui a palavra jornalista.

outubro 5, 2018 5:32 PM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   Brasil

Atiradores invadem estação de rádio no Brasil e comentarista é baleado na perna

O proprietário e comentarista Sandoval Braga, na foto à esquerda com seu colega Inaldo Lima. Um atacante atirou em Braga na perna e ameaçou-o por sua reportagem em 21 de setembro. (Rádio União)

São Paulo, 25 de setembro de 2018 - A polícia do estado do Ceará deve agir rapidamente para levar à justiça os pistoleiros que feriram o proprietário e comentarista Sandoval Braga e garantir a segurança dos funcionários da Rádio União FM 96.5, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

setembro 26, 2018 4:08 PM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   Brasil

Repórter ameaçado, casa atacada no sudeste do Brasil

São Paulo, 18 de agosto de 2018 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) condenou hoje um ataque ao repórter brasileiro Adenilson Miguel e pediu à polícia do estado de Minas Gerais que assegure a segurança do jornalista, identifique os responsáveis e os leve à Justiça.

agosto 23, 2018 8:50 AM ET

Também disponível em
English

Leia mais sobre Brasil »

Mídias sociais

Ver tudo »