Letras

Letras   |   Brasil

Brasil deve apoiar o Dia Internacional pelo Fim da Impunidade

Nova York, 18 de novembro de 2013 - O Brasil deve fazer uma declaração forte comprometendo-se a inverter o longo histórico do país de impunidade em assassinatos de jornalistas em 23 de novembro, Dia Internacional pelo Fim da Impunidade, declarou o Comitê para a Proteção dos Jornalistas em uma carta para Dilma Vana Rousseff, Presidente da República Federativa do Brasil. Leia a carta na íntegra aqui.

novembro 18, 2013 10:59 AM ET

Também disponível em
English

Letras   |   Equador

Equador deve permitir que emissoras fechadas retomem suas transmissões

17 de julho de 2012 Fabián Jaramillo Palacios Diretor de Comunicações Superintendencia de Telecomunicaciones Edificio Matriz: 9 de Octubre 1645 (N 27-75) y Berlín Quito, Ecuador Prezado Sr Jaramillo, O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) está profundamente preocupado com o fechamento de pelo menos 11 emissoras desde maio....

julho 18, 2012 12:51 PM ET

Também disponível em
English, Español

abril 27, 2012 6:16 PM ET

Também disponível em
English, Español

Letras   |   Brasil

Brasil deve ser líder sobre a impunidade, a livre expressão

Excelentíssima Presidente Rousseff: Escrevemos para chamar a sua atenção às recentes medidas adotadas pelo governo brasileiro que contradizem o compromisso expressado por V. Ex.ª para garantir a liberdade de expressão e fazer dos direitos humanos uma prioridade no país. Embora reconheçamos que as autoridades brasileiras têm feito avanços em levar assassinos de jornalistas à justiça nos últimos anos, pedimos que faça valer a sua liderança global para garantir que o direito fundamental à liberdade de expressão seja oferecido a todos.

abril 18, 2012 1:56 PM ET

Também disponível em
English

janeiro 3, 2012 12:07 PM ET

Também disponível em
English, Español

Letras   |   Colombia, Estados Unidos

CPJ insta Clinton a reconsiderar a recusa de visto a Morris

Ex.ma Secretária Clinton, Escrevemos para expressar nossa profunda preocupação pela recusa do Departamento de Estado dos Estados Unidos em expedir um visto que permitiria ao proeminente jornalista colombiano Hollman Morris participar do programa Nieman oferecido pela Universidade de Harvard. A negativa, baseada em uma disposição sobre “atividades terroristas” do Ato Patriótico, não está fundamentada em nenhuma evidência disponível e poderia estar baseada em informação errada ou equivocada fornecida por autoridades colombianas.

julho 13, 2010 6:37 PM ET

Letras   |   México

Cresce perseguição de forças federais à imprensa no México

Excelentíssimo Presidente Carderón,No dia da Liberdade de Expressão, o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) se dirige à V. Ex.ª para expressar sua preocupação com uma série de incidentes ocorridos neste ano nos quais forças de segurança federais atacaram e perseguiram jornalistas locais que cobrem criminalidade e informam sobre...

junho 7, 2010 6:19 PM ET
Leia mais sobre Letras »

Mídias sociais

Ver tudo »