México

Notícias   |   México

Blogueira e satirista mexicana é morta no estado de Guerrero

A visão geral de uma praia vista em Acapulco, no México, em setembro de 2017. Dois agressores não identificados mataram, em 5 de fevereiro, Pamika Montenegro, jornalista, satirista e comentarista de mídia social, em seu restaurante em Acapulco. (Reuters / Troy Merida)

Cidade do México, 8 de fevereiro de 2018 - As autoridades do estado de Guerrero, no sul do México, devem empreender uma investigação exaustiva sobre o assassinato de Pamika Montenegro, jornalista, satirista e comentarista de redes sociais, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Dois agressores não identificados a mataram em 5 de fevereiro no restaurante que possuía na cidade balneária de Acapulco, de acordo com a imprensa.

fevereiro 12, 2018 12:11 PM ET

Também disponível em
English, Español

Notícias   |   México

Jornalista mexicano morto em Tamaulipas

Fotojornalista registra as imagens do repórter Cândido Rios, morto em Veracruz, durante manifestação contra seu assassinato realizada no prédio do Ministério do Interior na Cidade do México, México, em 24 de agosto de 2017. No ano passado, pelo menos seis repórteres foram assassinados no país em retaliação pelo seu trabalho, de acordo com a pesquisa do CPJ. (Reuters / Henry Romero)

Cidade do México, 16 de janeiro de 2018 - As autoridades do estado do Tamaulipas, no norte do México, devem empreender uma investigação séria e rápida sobre o assassinato do jornalista Carlos Domínguez Rodríguez, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). No dia 13 de janeiro, agressores desconhecidos mataram Domínguez Rodríguez enquanto ele dirigia para a cidade de Nuevo Laredo, perto da fronteira do Texas, de acordo com as informações da imprensa.

janeiro 17, 2018 2:01 PM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   México

Jornalista mexicano atacado pela polícia no estado de Guerrero

Um ativista coloca um painel de fotos de jornalistas mortos no México durante uma manifestação contra o assassinato de jornalistas no México, fora do prédio da Promotoria Especial de Atenção aos Crimes contra a Liberdade de Expressão (FEADLE, sigla em espanhol) na Cidade do México, México, em 15 de junho de 2017. (Reuters/Edgard Garrido)

Cidade do México, 10 de janeiro de 2018 - Autoridades do estado mexicano de Guerrero devem investigar rigorosa e seriamente a alegada violência policial contra um repórter na cidade de La Concepción em sete de janeiro, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). De acordo com declarações que cinco jornalistas deram à mídia local após a suposta violência, policiais estaduais atacaram um jornalista que cobria os violentos confrontos entre policiais e soldados e membros de uma autodenominada força policial comunitária.

janeiro 16, 2018 7:12 PM ET

Também disponível em
English, Español

DECLARAÇÕES, México

Caixa de gelo contendo duas cabeças encontrada em frente à sede de rede de TV mexicana

Ativista participa de um protesto contra o assassinato de jornalistas no México, na Cidade do México, em 15 de junho de 2017. Uma caixa de gelo contendo duas cabeças decapitadas de pessoas não identificadas, junto com uma mensagem ameaçadora, foi descoberta em frente à sede de uma cadeia de TV em Guadalajara. (Reuters/Edgard Garrido)Cidade do México, 29 de novembro de 2017 -- Uma caixa de gelo contendo duas cabeças decapitadas de pessoas não identificadas, junto a uma mensagem ameaçadora, foi encontrada ontem a noite em frente à sede da rede Televisa em Guadalajara, México, segundo um boletim da Reuters.
novembro 30, 2017 12:26 PM ET

Também disponível em
Español, English

Notícias   |   México

Jornalista mexicano encontrado morto com ferimentos a bala em San Luis Potosí

Uma imagem do jornalista mexicano assassinado Edgar Daniel Esqueda Castro é exibida durante um protesto antes do início de uma conferência de imprensa na Casa do Estado em San Luis Potosi, México, na sexta-feira, 6 de outubro de 2017. As autoridades mexicanas descobriram o corpo de Esqueda Castro San Luis Potosi na sexta-feira, um dia depois que homens armados vestindo uniformes o sequestraram de sua casa, disseram as autoridades. (AP/Christian Palma)

Cidade do México, 6 de outubro de 2017 - As autoridades do México devem realizar uma investigação rápida e convincente sobre o assassinato do fotógrafo Edgar Daniel Esqueda Castro, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

outubro 12, 2017 4:40 PM ET

Também disponível em
English, Español

DECLARAÇÕES, México

Fotógrafo local raptado de sua casa no centro do México

Um grupo de jornalistas protesta fora do Palácio Nacional na Cidade do México, México em 28 de junho de 2017. No chão está escrito "S. O. S Press". Homens armados, vestidos como policiais, sequestraram o jornalista mexicano Edgar Daniel Esqueda Castro nesta manhã. (Reuters/Carlos Jasso)

Nova York, 5 de outubro de 2017 - Homens armados vestidos como policiais sequestraram nesta manhã o fotógrafo local Edgar Daniel Esqueda Castro de sua casa, no estado mexicano de San Luis Potosí, segundo informações da imprensa. O procurador-geral do estado disse em uma declaração que o Ministério Público está investigando e negou que a polícia estadual estivesse envolvida no sequestro.

outubro 12, 2017 1:32 PM ET

Também disponível em
English, Español

Caso, México

Repórter mexicano baleado e morto no estado de Veracruz

Um jornalista e um fotógrafo colocam fotos de um jornalista morto no ano passado, no estado mexicano de Veracruz, como parte de uma manifestação em 24 de agosto de 2017. Veracruz é o lugar mais letal do hemisfério ocidental para os jornalistas, de acordo com a pesquisa do CPJ. (Reuters / Henry Romero)

Cidade do México, 25 de agosto de 2017 - As autoridades mexicanas devem realizar uma investigação rápida e convincente sobre o assassinato do repórter Cándido Ríos Vázquez, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

agosto 30, 2017 12:55 PM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   México

Jornalista mexicano é ameaçado no estado de Michoacán

Cidade do México, 26 de julho de 2017 - As autoridades mexicanas devem investigar de forma rápida e com credibilidade as ameaças de morte enviadas ao jornalista José Maldonado e garantir sua segurança, declarou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

julho 28, 2017 12:04 PM ET

Também disponível em
English, Español

Tags:

Blog   |   México

A lembrança do jornalista investigativo mexicano Javier Valdez ficará viva por meio de sua obra

Um retrato de Javier Valdez em uma homenagem na Cidade do México para celebrar a vida e reconhecer o trabalho do jornalista que foi assassinado em maio. (AFP/Bernardo Montoya)

Por Jan-Albert Hootsen, correspondente do CPJ no México

Passaram-se dois meses desde o homicídio de Javier Valdez Cárdenas, jornalista investigativo mexicano e ganhador do Prêmio Internacional à Liberdade de Imprensa do CPJ. A dor por sua morte, ocorrida em Culiacán, capital do estado de Sinaloa, deixou muitos com questionamentos a respeito de por que a investigação do assassinato parece ter alcançado poucos resultados até o momento.

julho 19, 2017 3:56 PM ET

Também disponível em
English, Español

Notícias   |   México

Jornalista mexicano diz que foi atacado e ameaçado pela polícia

Cidade do México, 29 de junho de 2017 - As autoridades mexicanas devem investigar com celeridade e credibilidade o suposto ataque contra o jornalista Rubén Pat, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Pat, cofundador da fonte de notícias on-line Semanario Playa News, disse ao CPJ que a polícia o espancou, o deteve durante a noite e o ameaçou por suas reportagens.

julho 5, 2017 4:12 PM ET

Também disponível em
English, Español

Tags:

Leia mais sobre México »

Mídias sociais

Ver tudo »