México

Notícias   |   México

Jornalista mexicano encontrado morto com ferimentos a bala em San Luis Potosí

Uma imagem do jornalista mexicano assassinado Edgar Daniel Esqueda Castro é exibida durante um protesto antes do início de uma conferência de imprensa na Casa do Estado em San Luis Potosi, México, na sexta-feira, 6 de outubro de 2017. As autoridades mexicanas descobriram o corpo de Esqueda Castro San Luis Potosi na sexta-feira, um dia depois que homens armados vestindo uniformes o sequestraram de sua casa, disseram as autoridades. (AP/Christian Palma)

Cidade do México, 6 de outubro de 2017 - As autoridades do México devem realizar uma investigação rápida e convincente sobre o assassinato do fotógrafo Edgar Daniel Esqueda Castro, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

outubro 12, 2017 4:40 PM ET

Também disponível em
English, Español

DECLARAÇÕES, México

Fotógrafo local raptado de sua casa no centro do México

Um grupo de jornalistas protesta fora do Palácio Nacional na Cidade do México, México em 28 de junho de 2017. No chão está escrito "S. O. S Press". Homens armados, vestidos como policiais, sequestraram o jornalista mexicano Edgar Daniel Esqueda Castro nesta manhã. (Reuters/Carlos Jasso)

Nova York, 5 de outubro de 2017 - Homens armados vestidos como policiais sequestraram nesta manhã o fotógrafo local Edgar Daniel Esqueda Castro de sua casa, no estado mexicano de San Luis Potosí, segundo informações da imprensa. O procurador-geral do estado disse em uma declaração que o Ministério Público está investigando e negou que a polícia estadual estivesse envolvida no sequestro.

outubro 12, 2017 1:32 PM ET

Também disponível em
English, Español

Caso, México

Repórter mexicano baleado e morto no estado de Veracruz

Um jornalista e um fotógrafo colocam fotos de um jornalista morto no ano passado, no estado mexicano de Veracruz, como parte de uma manifestação em 24 de agosto de 2017. Veracruz é o lugar mais letal do hemisfério ocidental para os jornalistas, de acordo com a pesquisa do CPJ. (Reuters / Henry Romero)

Cidade do México, 25 de agosto de 2017 - As autoridades mexicanas devem realizar uma investigação rápida e convincente sobre o assassinato do repórter Cándido Ríos Vázquez, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

agosto 30, 2017 12:55 PM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   México

Jornalista mexicano é ameaçado no estado de Michoacán

Cidade do México, 26 de julho de 2017 - As autoridades mexicanas devem investigar de forma rápida e com credibilidade as ameaças de morte enviadas ao jornalista José Maldonado e garantir sua segurança, declarou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

julho 28, 2017 12:04 PM ET

Também disponível em
English, Español

Tags:

Blog   |   México

A lembrança do jornalista investigativo mexicano Javier Valdez ficará viva por meio de sua obra

Um retrato de Javier Valdez em uma homenagem na Cidade do México para celebrar a vida e reconhecer o trabalho do jornalista que foi assassinado em maio. (AFP/Bernardo Montoya)

Por Jan-Albert Hootsen, correspondente do CPJ no México

Passaram-se dois meses desde o homicídio de Javier Valdez Cárdenas, jornalista investigativo mexicano e ganhador do Prêmio Internacional à Liberdade de Imprensa do CPJ. A dor por sua morte, ocorrida em Culiacán, capital do estado de Sinaloa, deixou muitos com questionamentos a respeito de por que a investigação do assassinato parece ter alcançado poucos resultados até o momento.

julho 19, 2017 3:56 PM ET

Também disponível em
English, Español

Notícias   |   México

Jornalista mexicano diz que foi atacado e ameaçado pela polícia

Cidade do México, 29 de junho de 2017 - As autoridades mexicanas devem investigar com celeridade e credibilidade o suposto ataque contra o jornalista Rubén Pat, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Pat, cofundador da fonte de notícias on-line Semanario Playa News, disse ao CPJ que a polícia o espancou, o deteve durante a noite e o ameaçou por suas reportagens.

julho 5, 2017 4:12 PM ET

Também disponível em
English, Español

Tags:

Notícias   |   México

Software de espionagem é usado contra jornalistas e ativistas mexicanos

Cidade do México, 20 de junho de 2017 - As tentativas de investigar jornalistas e ativistas de direitos humanos no México mediante a implantação de um software de espionagem em seus celulares ameaçam a liberdade de imprensa no país, declarou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Um relatório divulgado ontem na Cidade do México pela organização defensora da imprensa Artigo 19, 0s pesquisadores da internet aberta R3D e Citizen Lab da Universidade de Toronto documentaram as tentativas.

junho 22, 2017 2:12 PM ET

Também disponível em
English, Español

DECLARAÇÕES , México

Repórter é ameaçado e tem parte da orelha cortada no estado mexicano de Quintana Roo

Manifestantes no México condenam a violência e o assassinato de jornalistas. No último ataque, um homem armado com uma faca cortou parte da orelha de um repórter no estado de Quintana Roo. (AFP / Hector Guerrero)

Cidade do México, 1º de junho de 2017 - As autoridades do estado mexicano de Quintana Roo devem empreender uma rápida investigação sobre o ataque ao jornalista Carlos Barrios, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Um homem não identificado ameaçou Barrios, que trabalha no site de notícias Aspectos, e cortou parte de sua orelha com uma faca, disse ao CPJ seu editor, Eduardo Rascón.

junho 2, 2017 12:38 PM ET

Também disponível em
English, Español

Notícias   |   México

Sequestram jornalista mexicano no estado de Michoacán

Cidade do México, 22 de maio de 2017 - As autoridades mexicanas não devem medir esforços para obter a libertação, são e salvo, do jornalista Salvador Adame Pardo, declarou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Indivíduos armados sequestraram Adame, diretor do canal de televisão 6TV, em 18 de maio, na localidade central mexicana de Nova Italia.

maio 23, 2017 5:36 PM ET

Também disponível em
Español, English

Tags:

Notícias   |   México

O presidente mexicano se compromete a priorizar a segurança dos jornalistas e a combater a impunidade

Cidade do México, 4 de maio de 2017 - O presidente mexicano Enrique Peña Nieto se comprometeu hoje a priorizar o combate à impunidade nos casos de assassinato de jornalistas durante o restante do seu mandato, que termina no próximo ano. O mandatário disse que a segurança e a proteção dos jornalistas também seriam prioridade.

maio 16, 2017 11:49 AM ET

Também disponível em
Español, English

Leia mais sobre México »

Mídias sociais

Ver tudo »