Honduras

2014

Notícias   |   Honduras

Dono de canal de televisão é morto tiros em Honduras

Nova York, 16 de dezembro de 2014-O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) condena o homicídio do proprietário de um canal de televisão e apresentador de notícias Reynaldo Paz Mayes, que foi assassinado a tiros na segunda-feira em Honduras e insta as autoridades a investigar o crime de forma exaustiva e a processar os responsáveis.

dezembro 16, 2014 6:15 PM ET

Também disponível em
English, Español

Notícias   |   Honduras

Tribunal hondurenho proíbe jornalista de exercer a profissão por 16 meses

Nova York, 3 de outubro de 2014 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) condena a decisão de um tribunal de apelação de Honduras de proibir o jornalista Julio Ernesto Alvarado de exercer sua profissão de jornalista durante 16 meses como parte de uma condenação penal por difamação. Alvarado apresenta o noticiário "Mi Nación" na Globo TV.

outubro 3, 2014 6:31 PM ET

Também disponível em
English, Español

Notícias   |   Honduras

Âncora de televisão é morto a tiros em frente a sua casa em Honduras

Nova York, 19 de agosto de 2014 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) condena o assassinato do jornalista televisivo Nery Francisco Soto Torres em Honduras na quinta-feira e insta as autoridades a iniciarem uma investigação completa, determinarem o motivo e levarem os responsáveis à justiça.

agosto 19, 2014 6:40 PM ET

Também disponível em
English, Español

Ataques contra a imprensa   |   Honduras

Ataque à Imprensa em 2013: Honduras

A imprensa hondurenha continuou a enfrentar violência e intimidação enquanto o país lutava com o crime e ilegalidade generalizados. Jornalistas que cobriam temas sensíveis, como tráfico de drogas, corrupção do governo, e conflitos de terra, foram ameaçados e agredidos. Um conhecido apresentador de debates radiofônicos, Aníbal Barrow, foi sequestrado de seu carro e foi encontrado morto semanas depois. As autoridades disseram que estavam determinando se a morte estava relacionada ao trabalho do jornalista. Mas o clima de impunidade persiste em Honduras, com alegações de policiais envolvidos em corrupção e em formação de esquadrões da morte. Também vieram à tona alegações de jornalistas envolvidos em extorsão. Evitou-se um impasse entre as principais organizações da mídia do país e o presidente Porfirio Lobo sobre uma proposta de lei de telecomunicações, quando as partes concordaram que a imprensa iria regular o seu próprio conteúdo. O candidato do partido do governo, Juan Orlando Hernández, foi declarado vencedor nas eleições presidenciais, mas a segunda colocada, Xiomara Reyes de Castro, impugnou os resultados, trazendo à tona novamente a intensa polarização existente desde a deposição de seu marido num golpe de Estado em 2009.

fevereiro 12, 2014 1:23 AM ET
« 2013 | 2016 »