hong kong

13 results

Número recorde de jornalistas presos em todo o mundo

A cifra de jornalistas presos em todo o mundo devido ao seu trabalho atingiu um novo recorde em 2020, quando os governos reprimiram a cobertura do COVID-19 ou tentaram suprimir as reportagens sobre agitação política. Os líderes autoritários novamente se abrigaram na retórica contra a imprensa dos Estados Unidos. Um relatório especial do CPJ por…

Read More ›

O CPJ e 192 organizações parceiras instam o Secretário-Geral da ONU a agir para garantir a libertação de jornalistas presos em meio ao COVID-19

5 de maio de 20200 Secretário-Geral António GuterresNações UnidasSala NL-3019Nova Iorque, NY 10017 Enviado por e-mail

Read More ›

Flores cobrem o caixão do jornalista mexicano Jorge Celestino Ruiz Vazquez, morto em agosto no estado de Veracruz. Ruiz é um dos pelo menos cinco jornalistas assassinados em retaliação por seu trabalho no México em 2019. (Reuters/Oscar Martinez)

Número de jornalistas mortos cai acentuadamente com a queda recorde no número de assassinatos em represália por seu trabalho

À medida que as guerras diminuíram e houve uma baixa recorde no número de jornalistas assassinados em represália por sua cobertura informativa, a cifra total de jornalistas mortos em decorrência de seu trabalho teve um declínio marcante em 2019. Um relatório especial do CPJ por Elana Beiser

Read More ›

Foto de 5 de junho de 2019 mostra uma 'área de entrevistas'para jornalistas que estavam próximos à mesquita de Idkah em Kashgar, Xinjiang, na região noroeste do país, na manhã de Eid al-Fitr, quando muçulmanos ao redor do mundo comemoram o fim do Ramadã. A China foi o principal carcereiro de jornalistas do mundo em 2019, com pelo menos 48 na prisão. (AFP / Greg Baker)

China, Turquía, Arábia Saudita e Egito são os países que mais encarceram jornalistas no mundo

Pelo quarto ano consecutivo, pelo menos 250 jornalistas permanecem atrás das grades em todo o mundo enquanto líderes autoritários como Xi Jinping, Recep Tayyip Erdoğan, Mohammed bin Salman e Abdel Fattah el-Sisi não mostram sinais de afrouxar a pressão sobre os meios de comunicação críticos. Relatório especial do CPJ, por Elana Beiser

Read More ›

10 países mais censurados

10 países mais censurados Eritréia Coreia do Norte Turcomenistão Arábia Saudita China Vietnã Irã Guiné Equatorial Bielorrússia Cuba Metodologia Infográfico Vídeo Comunicado de imprensa Também disponível English Español 中文 Русский العربية Français فارسی Governos repressivos usam censura digital e vigilância sofisticadas, juntamente com métodos mais tradicionais para silenciar a mídia independente. Um relatório especial do…

Read More ›

O jornalista saudita Jamal Khashoggi fala em um evento organizado pelo Middle East Monitor [Monitor do Oriente Médio] em Londres, em 29 de setembro de 2018. Ele foi morto no consulado saudita em Istambul, na Turquia, em 2 de outubro. (Middle East Monitor/Handout via Reuters)

Quase o dobro de jornalistas assassinados em represália por seu trabalho eleva o número de jornalistas mortos

Jornalistas da Arábia Saudita ao Afeganistão e aos EUA foram alvo de assassinato em 2018 em represália por seu trabalho, elevando o total de jornalistas mortos em serviço para a mais alta cifra em três anos. O número de jornalistas mortos em conflitos caiu para o nível mais baixo desde 2011. Um relatório especial do…

Read More ›

O jornalista da Reuters, Kyaw Soe Oo, é levado algemado de um tribunal em Yangon em setembro. Ele e seu colega Wa Lone estão cumprindo penas de sete anos de prisão em Mianmar. (Reuters / Ann Wang)

Centenas de jornalistas presos em todo o mundo se torna a norma

Pelo terceiro ano consecutivo, 251 ou mais jornalistas estão presos em todo o mundo, sugerindo que a abordagem autoritária à cobertura crítica de notícias é mais do que um pico temporário. China, Egito e Arábia Saudita aprisionaram mais jornalistas do que no ano passado, e a Turquia continuou sendo o pior carcereiro do mundo. Um…

Read More ›

Um colega da repórter iraquiana Shifa Gardi acende uma vela em uma vigília para ela na redação da Rudaw TV em Erbil. O Iraque foi o país mais letal para jornalistas em 2017. (AFP / Safin Hamed)

Na ausência de um novo conflito militar, os assassinatos de jornalistas diminuem

Pelo menos 42 jornalistas foram mortos na linha de frente em 2017, representando o segundo declínio consecutivo do número de casos recorde no início desta década. Menos jornalistas morreram cobrindo conflitos no Oriente Médio e o número de jornalistas assassinados em represália por suas reportagens diminuiu, exceto no México. Um relatório especial do CPJ por…

Read More ›

Jornalistas e manifestantes mantêm cartazes do lado de fora de um tribunal de Istambul em 31 de outubro de 2017, pedindo a libertação de colegas encarcerados, incluindo o repórter turco Ahmet Şık. A Turquia é o pior carcereiro de jornalistas de 2017. (AP / Lefteris Pitarakis)

Número recorde de jornalistas presos com Turquia, China e Egito pagando um baixo preço pela repressão

Pelo segundo ano consecutivo, o número de jornalistas aprisionados por seu trabalho atingiu um nível histórico, já que os EUA e outras potências ocidentais não pressionaram os piores carcereiros do mundo – Turquia, China e Egito – para melhorar o atual clima sombrio para a liberdade de imprensa. Um relatório especial do CPJ por Elana…

Read More ›

Apoie o #RightToReport

Junte-se ao CPJ em seu apelo à Casa Branca para respeitar o direito dos jornalistas de recolher e relatar notícias na era digital.

Read More ›