Letras

Libertem todos os jornalistas presos agora

Também disponível em English, Español, Français, Türkçe, Русский, العربية

#FreeThePress

Em meio à pandemia provocada pelo COVID-19, o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) insta os governos a libertar que estão em cárceres todos os jornalistas. Em nome de mais de 250 jornalistas atrás das grades, pedimos às autoridades que libertem esses prisioneiros políticos imediata e incondicionalmente.

Para jornalistas presos em países afetados pelo vírus, a liberdade é agora uma questão de vida ou morte. Jornalistas aprisionados não têm controle sobre seu ambiente, não podem escolher isolar-se e geralmente não recebem os cuidados médicos necessários.

A Organização Mundial da Saúde declara que “as pessoas privadas de liberdade e as que vivem ou trabalham em ambientes fechados, próximos a elas, são mais vulneráveis ​​à doença provocada pelo COVID-19 do que a população em geral”.

O jornalismo não deve receber uma sentença de morte. É por isso que hoje lançamos a campanha #FreeThePress, que pede a imediata libertação de todos os jornalistas atrás das grades.

Pedimos a todos os líderes mundiais que protejam a liberdade de imprensa e o livre fluxo de informações neste momento crucial.

Mais sobre
Publicado

Gostou deste artigo? Apóie nosso trabalho