Saudi Arabia

Relatórios   |   Afeganistão, México, Saudi Arabia, Syria

Número de jornalistas mortos cai acentuadamente com a queda recorde no número de assassinatos em represália por seu trabalho

Flores cobrem o caixão do jornalista mexicano Jorge Celestino Ruiz Vazquez, morto em agosto no estado de Veracruz. Ruiz é um dos pelo menos cinco jornalistas assassinados em retaliação por seu trabalho no México em 2019. (Reuters/Oscar Martinez)

À medida que as guerras diminuíram e houve uma baixa recorde no número de jornalistas assassinados em represália por sua cobertura informativa, a cifra total de jornalistas mortos em decorrência de seu trabalho teve um declínio marcante em 2019. Um relatório especial do CPJ por Elana Beiser

dezembro 17, 2019 11:59 AM ET

Tags:

Mídias sociais

Ver tudo »