Venezuela

2018

DECLARAÇÕES, Venezuela

Maior jornal da Venezuela, El Nacional é a última baixa por restrições aos impressos

A copy of the last print edition of El Nacional, with a headline that reads 'El Nacional is a warrior and will keep on fighting,' on December 14. The daily is the latest Venezuelan publication forced to run online only because of limited access to newsprint. (AFP/Federico Parra)

Nova York, 17 de dezembro de 2018 - O maior jornal independente da Venezuela, o El Nacional, imprimiu sua última edição em 14 de dezembro, anunciou seu editor e proprietário Miguel Henrique Otero. Em uma entrevista publicada no jornal, Otero, que administra o diário do exílio autoimposto em Madri, disse que o El Nacional só estaria disponível online por causa das restrições impostas pelo governo ao acesso ao papel de jornal. O El Nacional, fundado em 1943, cobre política e reportou criticamente o governo do presidente Nicolás Maduro. O CPJ documentou como mais de 20 publicações venezuelanas deixaram de ser impressas devido a restrições do governo sobre o papel de jornal.

dezembro 18, 2018 1:46 PM ET

Também disponível em
English, Español

Relatórios   |   Brasil, China, Egypt, Etiópia, Iran, Myanmar, Rússia, Syria, Venezuela

Centenas de jornalistas presos em todo o mundo se torna a norma

O jornalista da Reuters, Kyaw Soe Oo, é levado algemado de um tribunal em Yangon em setembro. Ele e seu colega Wa Lone estão cumprindo penas de sete anos de prisão em Mianmar. (Reuters / Ann Wang)

Pelo terceiro ano consecutivo, 251 ou mais jornalistas estão presos em todo o mundo, sugerindo que a abordagem autoritária à cobertura crítica de notícias é mais do que um pico temporário. China, Egito e Arábia Saudita aprisionaram mais jornalistas do que no ano passado, e a Turquia continuou sendo o pior carcereiro do mundo. Um relatório especial do CPJ por Elana Beiser

dezembro 13, 2018 12:00 AM ET

Também disponível em
English, العربية, 中文, Français, Русский, Español, Türkçe

Notícias   |   Venezuela

CPJ alarmado com a detenção de repórter freelance alemão na Venezuela

O freelancer alemão Billy Six, retratado após sua libertação da detenção na Síria, em 2013. Six foi detido na Venezuela sob acusações que incluem espionagem. (AFP/Louai Beshara)

Miami, 29 de novembro de 2018 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) expressou hoje sua preocupação com a detenção na Venezuela do jornalista freelancer alemão Billy Six. Agentes da contraespionagem venezuelana detiveram Six no estado de Falcón, no noroeste do país, em 17 de novembro, segundo seus pais e reportagens da imprensa.

novembro 30, 2018 12:29 PM ET

Também disponível em
Español, English

Notícias   |   Venezuela

Fotógrafo freelancer venezuelano detido e enviado para prisão militar

As pessoas participam de um protesto de aposentados em Caracas, Venezuela, em 29 de agosto de 2018. Um fotógrafo freelancer venezuelano foi detido e enviado a uma prisão militar no final de agosto.  (Reuters/Marco Bello)

Nova York, 7 de setembro de 2018 - As autoridades venezuelanas devem liberar imediatamente e suspender todas as acusações contra o fotógrafo freelancer Jesus Medina Ezaine, afirmou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Um tribunal na capital Caracas, em 31 de agosto, ordenou que Medina fosse para a prisão militar; ele foi detido em 29 de agosto depois de trabalhar em um projeto de reportagem em um hospital e foi acusado de crimes que incluem incitação ao ódio, segundo os relatos da imprensa.

setembro 10, 2018 1:39 PM ET

Também disponível em
English, Español

Notícias   |   Venezuela

Venezuela abre investigação sobre jornal independente

Em Caracas, um homem lê um jornal que alude à vitória do presidente reeleito Nicolas Maduro na eleição presidencial venezuelana de 21 de maio de 2018. O órgão regulador nacional de telecomunicações da Venezuela abriu uma investigação, em 22 de maio, sobre o conteúdo publicado no site do El Nacional, o maior jornal diário independente do país. (Luis Robayo/AFP)

Nova York, 24 maio de 2018 - O governo venezuelano deve interromper sua investigação sobre o site do principal jornal independente e permitir que publique livremente, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

maio 25, 2018 2:11 PM ET

Também disponível em
English, Español

« 2017 | 2019 »