África

Blog   |   Moçambicano

CPJ se une a pedido pela libertação imediata e incondicional do jornalista de rádio moçambicano Amade Abubacar

A polícia militar patrulha as ruas de Gorongosa, no centro de Moçambique, em 19 de novembro de 2013. Um jornalista de rádio em Moçambique está em prisão preventiva desde janeiro de 2019. (Reuters / Grant Lee Neuenburg)

Joanesburgo, 11 abril de 2019 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) e 37 outros grupos da sociedade civil emitiram uma declaração conjunta hoje que insta as autoridades moçambicanas a libertem imediata e incondicionalmente o jornalista Amade Abubacar da Rádio Comunitária, que está em prisão preventiva desde a sua detenção em 5 de janeiro.

abril 12, 2019 4:49 AM ET

Também disponível em
English

Assessoria de Segurança , Moçambicano

Assessoria de Segurança do CPJ: Cobrindo as consequências do Ciclone Tropical Idai na África Austral

Moradores ficam em telhados em uma área inundada de Buzi, no centro de Moçambique, em 20 de março de 2019, após a passagem do ciclone Idai. (AFP/Adrien Barbier)

O ciclone tropical Idai atingiu a costa na noite de 14 e 15 de março na província de Sofala, em Moçambique. A tempestade continuou no interior, causando inundações em Moçambique e partes do Zimbabué e do Malawi. A cidade portuária de Beira, a quarta maior de Moçambique, foi destruída e a crise humanitária é aguda, de acordo com as informações da imprensa. O presidente Filipe Nyusi, de Moçambique, disse em um discurso televisionado que o número de mortos pode ser superior a 1.000.

março 20, 2019 5:07 PM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   Moçambicano

Jornalista moçambicano preso, detido em prisão militar

Deslocados internos descarregam comida, cobertores e outros bens depois de fugirem dos ataques de combatentes em Naunde, no norte de Moçambique, em 13 de junho de 2018. Um jornalista moçambicano foi detido em 5 de janeiro de 2019 e mantido numa prisão militar depois de fotografar famílias que fugiram de ataques de militantes. (AFP/Joaquim Nhamirre)

Nova Iorque, 9 de janeiro de 2019 - Os militares moçambicanos devem libertar imediatamente Amade Abubacar, radiojornalista da Rádio e Televisão Comunitária estatal Nacedje de Macomia, no norte da província de Cabo Delgado, afirmou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

janeiro 10, 2019 3:41 PM ET

Também disponível em
English

Relatórios   |   Brasil, China, Egypt, Etiópia, Iran, Myanmar, Rússia, Syria, Venezuela

Centenas de jornalistas presos em todo o mundo se torna a norma

O jornalista da Reuters, Kyaw Soe Oo, é levado algemado de um tribunal em Yangon em setembro. Ele e seu colega Wa Lone estão cumprindo penas de sete anos de prisão em Mianmar. (Reuters / Ann Wang)

Pelo terceiro ano consecutivo, 251 ou mais jornalistas estão presos em todo o mundo, sugerindo que a abordagem autoritária à cobertura crítica de notícias é mais do que um pico temporário. China, Egito e Arábia Saudita aprisionaram mais jornalistas do que no ano passado, e a Turquia continuou sendo o pior carcereiro do mundo. Um relatório especial do CPJ por Elana Beiser

dezembro 13, 2018 12:00 AM ET

Também disponível em
English, العربية, 中文, Français, Русский, Español, Türkçe

Notícias   |   Moçambicano

Governo de Moçambique impõe taxas exorbitantes para a mídia independente

Moçambicanos celebram o 25º aniversário da independência do seu país de Portugal em 25 de junho de 2015, em Maputo. O governo moçambicano impôs taxas elevadas aos meios de comunicação independentes em 23 de julho de 2018. (AFP / Adrien Barbier)

Nova York, 15 de agosto de 2018 - As autoridades em Moçambique devem reverter imediatamente os planos de impor taxas financeiras proibitivamente altas que visam indevidamente a mídia independente, declarou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Em 23 de julho de 2018, um decreto do governo delineou excessivos aumentos nas taxas de registro a serem pagas ao Gabinete de Informação, administrado pelo governo, que é um órgão burocrático que possibilita o registro da mídia.

agosto 16, 2018 6:51 PM ET

Também disponível em
English

Angola, DECLARAÇÕES

CPJ preocupado com a evolução do julgamento contra jornalistas angolanos

Moradores caminham ao longo da praia durante o pôr do sol na capital de Angola, Luanda, em junho de 2016. O CPJ condenou hoje uma decisão das autoridades angolanas de continuar a portas fechadas, em vez de em tribunal aberto, o julgamento dos jornalistas Rafael Marques de Morais, responsável pelo site de notícias anticorrupção Maka Angola e Mariano Brás Lourenço, correspondente do jornal O Crime. (Reuters / Ed Cropley)

Nova York, 16 de abril de 2018 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) condenou hoje a decisão das autoridades angolanas de continuar o julgamento dos jornalistas Rafael Marques de Morais, responsável pelo site de notícias anticorrupção Maka Angola, e Mariano Brás Lourenço, correspondente do jornal O Crime, a portas fechadas em vez de em tribunal aberto. Os dois foram acusados ​​em junho de 2017 de crimes contra o Estado.

abril 17, 2018 9:24 AM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   Moçambicano

Jornalista moçambicano raptado, agredido

Ericino de Salema, proeminente jornalista e advogado de direitos humanos, foi sequestrado e agredido em 27 de março, segundo o noticiário. (Neusa Ribeiro)

Nova York, 28 de março de 2018 - Autoridades moçambicanas devem lançar uma investigação confiável sobre o sequestro e agressão de Ericino de Salema, proeminente jornalista e advogado de direitos humanos, e levar os responsáveis à justiça, disse hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ).

março 29, 2018 9:33 AM ET

Letras   |   Angola

CPJ insta presidente angolano a defender a liberdade de imprensa

O Comitê para a Proteção dos Jornalistas, uma organização independente de defesa da liberdade de imprensa, está profundamente preocupado com o estado da liberdade de imprensa em Angola.

março 2, 2018 11:47 AM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   Angola

CPJ: Jornalista angolano 'golpeado' com 15 novas acusações de difamação criminal

Nova York, 25 de março de 2014 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) apela às autoridades angolanas para que retirem todas as acusações contra o jornalista Rafael Marques de Morais.

março 26, 2015 1:44 PM ET

Também disponível em
English

Blog   |   Angola

Aclamado jornalista Marques de Moraes está sendo julgado por difamação em Angola

Por Sue Valentine/ Coordenadora do Programa da África

Na terça-feira, menos de uma semana depois de receber um prêmio por seu jornalismo outorgado pelo grupo de liberdade de expressão sediado em Londres Index on Censorship, o veterano jornalista Rafael Marques de Morais será julgado em Angola sob a acusação de difamação criminal.

março 23, 2015 6:22 PM ET

Também disponível em
English

Leia mais sobre África »

Mídias sociais

Ver tudo »