Comunicados de imprensa

CPJ vai divulgar seu relatório anual sobre jornalistas mortos pelo exercício da função

Nova York, 12 de dezembro de 2019 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas vai apresentar seu relatório anual sobre jornalistas assassinados por seu trabalho em 18 de dezembro de 2019.

O relatório do CPJ exibe uma lista abrangente de jornalistas, em todo o mundo, que foram mortos este ano pelo exercício de seu ofício. O informe fornecerá uma análise dos dados deste ano, além de expor também os casos por país, tipo de meio de comunicação usado, sexo, tipo de trabalho, e número dos que eram oriundos do país e de correspondentes estrangeiros assassinados, entre outros critérios.

Na quarta-feira, o CPJ divulgou seu censo anual de jornalistas presos em todo o mundo, que pelo quarto ano consecutivo documentou pelo menos 250 jornalistas atrás das grades em conexão com seu ofício.

O QUE: Relatório anual sobre os jornalistas mortos por seu trabalho

QUANDO: 18 de dezembro de 2019 às 00:01, horário leste dos EUA (02:01 em Brasília)

ONDE: www.cpj.org

O CPJ é uma organização independente e sem fins lucrativos que trabalha para proteger a liberdade de imprensa em todo o mundo

Nota aos editores:

Entrevistas com especialistas do CPJ e cópias embargadas do relatório estão disponíveis mediante solicitação.

O relatório do CPJ poderá ser consultado em árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, persa, português, russo e turco.

Contato com a mídia:

Bebe Santa-Wood

Responsável pela Área de Comunicações

[email protected]

212-300-9032

Publicado

Gostou deste artigo? Apóie nosso trabalho