agosto 2018

Notícias   |   Nicarágua

Governo nicaraguense lança campanha de assédio contra o Canal 10

Manifestantes antigovernamentais participam de uma manifestação contra o governo do presidente da Nicarágua Daniel Ortega em Manágua, Nicarágua, em 15 de agosto de 2018. Na semana seguinte, o governo nicaraguense lançou uma campanha de perseguição contra a emissora independente Canal 10. (Reuters/Oswaldo Rivas)

Bogotá, Colômbia, 24 de agosto de 2018 - O governo nicaraguense lançou uma campanha de intimidação contra a estação de TV independente Canal 10, que criticou o presidente Daniel Ortega por ordenar ataques letais contra manifestantes antigovernamentais nos últimos quatro meses, segundo as informações da imprensa.

agosto 27, 2018 3:55 PM ET

Também disponível em
English, Español

Notícias   |   Brasil

Repórter ameaçado, casa atacada no sudeste do Brasil

São Paulo, 18 de agosto de 2018 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) condenou hoje um ataque ao repórter brasileiro Adenilson Miguel e pediu à polícia do estado de Minas Gerais que assegure a segurança do jornalista, identifique os responsáveis e os leve à Justiça.

agosto 23, 2018 8:50 AM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   Moçambicano

Governo de Moçambique impõe taxas exorbitantes para a mídia independente

Moçambicanos celebram o 25º aniversário da independência do seu país de Portugal em 25 de junho de 2015, em Maputo. O governo moçambicano impôs taxas elevadas aos meios de comunicação independentes em 23 de julho de 2018. (AFP / Adrien Barbier)

Nova York, 15 de agosto de 2018 - As autoridades em Moçambique devem reverter imediatamente os planos de impor taxas financeiras proibitivamente altas que visam indevidamente a mídia independente, declarou hoje o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Em 23 de julho de 2018, um decreto do governo delineou excessivos aumentos nas taxas de registro a serem pagas ao Gabinete de Informação, administrado pelo governo, que é um órgão burocrático que possibilita o registro da mídia.

agosto 16, 2018 6:51 PM ET

Também disponível em
English

Notícias   |   Colombia

Autor intelectual condenado pelo assassinato em 1999 do jornalista colombiano Jaime Garzón

Uma ponte durante o pôr do sol em Bogotá, Colômbia, em maio de 2018. Um tribunal de Bogotá sentenciou José Miguel Narváez a 30 anos de prisão por instigar o assassinato do jornalista, comediante e ativista pacifista colombiano Jaime Garzón. (Reuters / Henry Romero)

Bogotá, Colômbia, 15 de agosto de 2018 - O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) saudou hoje a condenação e a determinação da sentença do mentor do assassinato do jornalista, comediante e ativista pacifista colombiano Jaime Garzón, ocorrido em 1999, e expressou desapontamento pelo fato de o tribunal não considerar o trabalho de Garzón como jornalista em sua decisão.

agosto 16, 2018 5:44 PM ET

Também disponível em
English, Español