DECLARAÇÕES, México

Caixa de gelo contendo duas cabeças encontrada em frente à sede de rede de TV mexicana

Também disponível em Español, English

Ativista participa de um protesto contra o assassinato de jornalistas no México, na Cidade do México, em 15 de junho de 2017. Uma caixa de gelo contendo duas cabeças decapitadas de pessoas não identificadas, junto com uma mensagem ameaçadora, foi descoberta em frente à sede de uma cadeia de TV em Guadalajara. (Reuters/Edgard Garrido)Cidade do México, 29 de novembro de 2017 -- Uma caixa de gelo contendo duas cabeças decapitadas de pessoas não identificadas, junto a uma mensagem ameaçadora, foi encontrada ontem a noite em frente à sede da rede Televisa em Guadalajara, México, segundo um boletim da Reuters.

Os meios de comunicação mexicanos informaram que a mensagem era dirigida a um juiz local e assinada pelo "CJNG", as iniciais do grupo de crime organizado Cartel Jalisco Nueva Generación. Outra caixa de gelo com ameaça similar também assinado pelo CJNG e dirigida ao mesmo juiz foi encontrada em outra parte da cidade. A identidade do juiz não foi divulgada, segundo as informações da imprensa.

"Os grupos de crime organizado mexicano frequentemente tentam utilizar os meios de comunicação para transmitir mensagens ameaçadoras e violentas, colocando os jornalistas e trabalhadores de mídia no fogo cruzado, declarou em Washington D.C. Alexandra Elleberck, coordenadora do programa da América do Norte do CPJ. "As autoridades de Jalisco não devem medir esforços para garantir a segurança dos jornalistas do estado e devem investigar minuciosamente este macabro incidente".

Publicado

Gostou deste artigo? Apóie nosso trabalho