E Organizações de Jornalistas

Grupos de Liberdade de Imprensa

Adil Soz
http://www.adilsoz.kz/en/
+7 7272 911670
Esta organização sediada em Almaty proporciona ajuda legal aos jornalistas sob ameaça e documenta violações à liberdade de Imprensa no Cazaquistão.

Fundação Andina para a Observação e Estudo dos Meios de Comunicação
http://www.fundamedios.org/
+593 2 2461622
Este grupo sediado em Quito, também conhecido como Fundamedios, documenta casos de abuso contra a liberdade de imprensa no Equador e também casos de repressão oficial.

Artigo 19
http://www.article19.org/pages/es/resource-language.html
+ 44 (0) 20 7324-2500
Fundada em 1987, a Artigo 19 luta contra a censura, defende as vozes dissidentes e promove campanhas contra leis e práticas que buscam impor o silêncio.

Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ)
http://cpj.org/es/
+1 212-465-1004
O CPJ, que publica este guia, é uma organização sem fins lucrativos que defende os direitos dos jornalistas de informar sem temor a represálias e promove a liberdade de imprensa no mundo. A organização monitora o estado da imprensa e faz campanha em nome de jornalistas sob ameaça ou aprisionados em todo o mundo, documentando centenas de violações à liberdade de imprensa e divulgando informes sobre as condições em cada país.

Fundação para a Liberdade de Imprensa (FLIP)
http://www.flip.org.co
+57 1-400-9677
A Fundação, também conhecida como FLIP, está radicada em Bogotá. Monitora a liberdade de imprensa e a segurança dos jornalistas na Colômbia através de sua rede de alarme e de proteção. A FLIP também proporciona assessoramento a jornalistas que foram vítimas de ataque, agressão ou que estão sofrendo estresse.

Fundo para a Liberdade dos Jornalistas Filipinos (FFFJ, sigla em inglês)
http://www.cmfr-phil.org/flagship-programs/freedom-watch/freedom-fund-for-filipino-journalists/
+63 2 894 - 1314
O FFFJ é uma associação dirigida pelo Centro para a Liberdade e Responsabilidade dos Meios de Comunicação (CMFR, sigla em inglês). Criado em 2003 em resposta ao assassinato do jornalista Edgardo Damalerio, o FFFJ tem trabalhado para levar os assassinos de jornalistas filipinos à justiça.

Centro de Meios de Comunicação Independentes do Curdistão (IMCK)
http://www.imckiraq.blogspot.com
+964 0770 86 42 653
O Centro de Meios de Comunicação Independentes do Curdistão oferece treinamento para jornalistas e consultoria para organizações de meios de comunicação. Os cursos são oferecidos presencialmente ou pela Internet para a participação através do Iraque.

Instituto para a Liberdade e Segurança dos Jornalistas (IRFS, sigla em inglês)
http://www.irfs.az/index.php?lang=eng
+994 12 418 0334
O Instituto, com base em Bakú, Azerbaijão, documenta abusos contra a liberdade de imprensa e defende os direitos dos jornalistas de informar.

Federação Internacional de Jornalistas (IFJ sigla em inglês)
http://www.ifj.org/es
Europa: 322-235-2200
Ásia-Pacífico: 6 129-333-0999
África: 22 133-867-9586
Com base em Bruxelas, a IFJ é a federação de diversos sindicatos de jornalistas em vários países e é a maior organização de jornalistas. A IFJ promove os direitos humanos, a liberdade de expressão e a democracia através da liberdade de imprensa.

Intercambio Internacional pela Liberdade de Expressão (IFEX, sigla em inglês)
http://www.ifex.org/es/
+1 416-515-9622
IFEX é uma associação global de grupos de liberdade de imprensa que está encarregada de disseminar informação sobre violações à liberdade de imprensa. Organiza campanhas de apoio à livre expressão.

Instituto Internacional de Imprensa (IPI sigla em inglês)
http://www.freemedia.at
+43 1 512-9011
O IPI é uma rede global sediada em Viena integrada por profissionais de meios de comunicação preocupados em aumentar a consciência sobre as ameaças contra a liberdade de imprensa e promover o jornalismo independente. O grupo registra casos de jornalistas ameaçados por seu trabalho e realiza avaliações sobre a liberdade de imprensa em países ao redor do mundo.

Instituto Imprensa e Sociedade
http://www.ipys.org/
+51 1 2474465
Este grupo de liberdade de imprensa com sede no Peru documenta violações da liberdade de imprensa e defende os jornalistas ameaçados em vários países de América Latina.

Observatório de Liberdades Jornalísticas (JFO, sigla em inglês)
http://www.jfoiraq.org
+964 0047 97 101 186
O JFO, com sede em Bagdá, é uma coalizão de profissionais dos meios de comunicação iraquianos que proporciona ajuda legal para as vítimas de violações da liberdade de imprensa no Iraque e desperta a consciência sobre a segurança do jornalismo.

Jornalistas em Perigo (JED, sigla em francês)
http://www.jed-afrique.org/en/
+243 81 71 50 157
Com base em Kinshasa, esta organização defende a liberdade de imprensa na República Democrática do Congo e em outros países do centro da África.

Instituto dos Meios de Comunicação da África Austral (MISA, sigla em inglês)
http://www.misa.org/
+264 61 232975
Fundado em 1992 e radicado na Namíbia, o instituto promove a liberdade, a independência e o pluralismo nos meios de comunicação.

União Federal de Jornalistas do Paquistão (PFUJ, sigla em inglês)
http://pfuj.pk/
+92 051-287-0220-1
Estabelecida em 1950, a PFUJ é uma das organizações mais antigas de liberdade de imprensa do sul da Ásia. Criada para a proteção de jornalistas e melhoria da profissão, a PFUJ, segundo seu código, ‘solicita e alenta seus membros a manter a boa qualidade no trabalho e o maior nível de conduta’.

Comitê de Repórteres para a Liberdade de Imprensa (RCFP, sigla em inglês)
http://www.rcfp.org
+1 800-336-4243
+1 703-807-2100
O RCFP é uma organização radicada nos Estados Unidos dedicada à proteção da liberdade de expressão e à imprensa livre dentro do território norte-americano. O grupo proporciona recursos para os jornalistas, acadêmicos e funcionários do governo, junto com ajuda para pedidos de acesso à informação pública.

Repórteres Sem Fronteiras (RSF)
http://es.rsf.org/
[email protected]
+33 1 44 83 84 84
Repórteres Sem Fronteiras é uma organização de liberdade de imprensa, com sede em Paris, que defende os jornalistas ameaçados e aprisionados em todo o mundo. O grupo trabalha com assuntos ligados à segurança para jornalistas e oferece seu próprio seguro, facilita equipamento e publica um manual de segurança.

Aliança de Imprensa do Sudeste Asiático (SEAPA, sigla em inglês)
http://www.seapabkk.org
+66 2-2435579
A SEAPA trabalha pela liberdade de imprensa no sudeste asiático. Estabelecida em Bancoc em 1998, reúne jornalistas independentes para sua defesa e proteção.

Comitê Mundial de Liberdade de Imprensa (WPFC, sigla em inglês)
http://www.wpfc.org
O WPFC é um consórcio de organizações internacionais de meios de comunicação que defende a liberdade de imprensa em nível mundial. O grupo realiza investigações sobre violações à liberdade de imprensa e leis de censura e difamação, e monitora os casos de jornalistas encarcerados em todo o mundo.

Comunidades e Grupos pela Liberdade na Internet

Fundação da Fronteira Eletrônica (EFF, sigla em inglês)
http://www.eff.org
+ 1 415-436-9333
+ 1 202-797-9009
A Fundação da Fronteira Eletrônica luta para proteger liberdades civis na era digital. Combinando a experiência de advogados, analistas políticos, ativistas e tecnólogos, luta pela liberdade, sobretudo nos tribunais de justiça, levando casos e defendendo demandas contra agências de governo e corporações.

Global Voices
http://es.globalvoicesonline.org/
É uma comunidade virtual de mais de 500 blogueiros e tradutores em todo o mundo que trabalham juntos para disseminar informações ao redor do mundo, com ênfase nas vozes menos ouvidas nos meios de comunicação internacionais.

Organizações de Segurança e Apoio

Centro Dart para o Jornalismo & Trauma
http://dartcenter.org
Nova York +1 212-854-8056
Londres +44 (0) 20-7242-3562
Melbourne +61 (0) 41-913-1947
Jacarta +62 21-7884-2580
Colonia +49 (0) 221-278-0814
O Centro Dart da Universidade da Columbia dedica-se a promover a excelência e a ética na informação sobre violência, conflito e tragédia. Proporciona uma variedade de serviços para jornalistas e redações em todo o mundo.

Free Press Unlimited
http://www.freepressunlimited.org/en
+ 31 35-62-54-300
Free Press Unlimited apoia profissionais de meios de comunicação em nível local e trabalha para garantir que pessoas de todas as partes do mundo tenham acesso à informação que necessitam para sobreviver e se desenvolver.

Instituto Internacional para a Segurança da Imprensa (INSI, sigla em inglês)
www.newssafety.org
+44 776-681-4274
+44 773-470-9267
O INSI é uma coalizão das organizações de meios de comunicação e apoia grupos dedicados à segurança do jornalista em ambientes perigosos. O grupo proporciona treinamento de segurança para jornalistas em todo o mundo e educa formuladores de políticas, organizações de notícias e militares sobre temas de segurança para a imprensa. O CPJ é membro da coalizão.

Fundação Internacional de Mulheres nos Meios de Comunicação (IWMF, sigla em inglês)
http://iwmf.org
+1 202-496-1992
A IWMF é uma rede global dedicada a fortalecer o papel das mulheres na imprensa em todo o mundo como meio para que prospere a liberdade de imprensa.

Fundação Rory Peck
http://www.rorypecktrust.org
+ 44 (0) 20-3219-7860
A Fundação Rory Peck Trust apoia os freelance que trabalham de forma independente e suas famílias em tempo de necessidade; promove seu bem-estar e segurança com esforços como treinamento em segurança.

Organizações de Treinamento Profissional

Instituto de Informes sobre a Guerra e a Paz (IWPR, sigla em inglês)
www.iwpr.net
+44 (0) 207-831-1030
O IWPR trabalha com jornalistas e trabalhadores dos meios de comunicação locais em frentes de conflito para consolidar a destreza do trabalho informativo e aumentar o conhecimento sobre direitos humanos, promovendo palestras públicas e discussões.

Centro Internacional de Jornalistas (ICFJ, sigla em inglês)
www.icfj.org
+1 202-737-3700
O ICFJ promove o jornalismo independente em todo o mundo através de educação, treinamento e bolsas de estudo. Também publica vários manuais sobre práticas jornalísticas e ética do jornalismo, que são acessíveis pela internet.

Instituto Poynter
http://www.poynter.org
+1 727-821-9494
Poynter é um instituto educativo sem fins lucrativos que oferece seminários individuais e cursos pela internet sobre valores e práticas jornalísticas. Seu programa de treinamento de jornalismo em Internet, conhecido como NewsU, coloca os recursos do Poynter à disposição dos jornalistas em todo o mundo.

Tactical Technology Collective
http://www.tacticaltech.org/protect
+493 060 961816
+918 041 531129
Embora seja dirigido principalmente a ativistas, o Tactical Technology proporciona conselhos e recursos atualizados para jornalistas independentes sobre segurança da informação.

Grupos de Jornalismo Investigativo

Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (ABRAJI)
http://www.abraji.org.br
+55 (11) 3159-0344
Também conhecida como Abraji, a organização é voltada para o desenvolvimento profissional dos jornalistas e, em particular, as recomendações para as investigações. A Abraji defende a liberdade de informação no Brasil e oferece cursos pela Internet e presenciais para jornalistas e estudantes de jornalismo.

Repórteres Árabes de Jornalismo Investigativo (ARIJ, sigla em inglês)
http://arij.net/en
A ARIJ apoia o jornalismo investigativo no Oriente Médio oferecendo treinamento e o financiamento para os projetos de investigação. A ARIJ financia gastos de viagem, acesso às bases de dados e à pesquisa legal para investigações jornalísticas.

Escritório de Jornalismo Investigativo (TBIJ, sigla em inglês)
http://www.thebureauinvestigates.com
+44 (0) 796-946-6285
Com sede no Reino Unido, o Escritório de Jornalismo investigativo tenta melhorar o jornalismo original de investigação produzindo informes completos para outros meios de comunicação. As reportagens se concentram em temas de corrupção em nível nacional e internacional e em questões de transparência.

Centro de Investigação Jornalística
http://www.ciperchile.cl
+56 2 638-2629
O CIPER é uma organização independente, sem fins lucrativos, que desenvolve investigações jornalísticas no Chile. O grupo se concentra na utilização da lei chilena e das técnicas de jornalismo profissional para colocar documentos e informações oficiais à disposição do público.

Centro de Jornalismo Digital
http://www.centroperiodismodigital.org
+52 3 268-8888
O Centro de treinamento de Jornalismo Digital da Universidade de Guadalajara apoia jornalistas para que aprendam a trabalhar com os novos meios de comunicação e também promove o treinamento de jornalistas cidadãos. Oferece cursos e oficinas, e também instrução em salas de aula e recursos na Internet.

Fundo Europeu para o Jornalismo de Investigação
http://www.journalismfund.eu
+45 4082-2168
O Fundo apoia jornalistas que realizam investigações internacionais ou que tentam cooperar com repórteres de outros países. O Fundo é um projeto do Pascal Decroos Fund para o Jornalismo Investigativo, que oferece treinamento e outras doações para melhorar a investigação jornalística. 

Fórum de Repórteres de Investigação Africanos (FAIR, sigla em inglês)
http://www.fairreporters.org
+2711-482-8493
FAIR é uma associação profissional para os jornalistas de investigação africanos que trabalham para melhorar a profissão e suas práticas. O FAIR proporciona base de dados, listas de recomendações, manuais e doações, e tenta apoiar jornalistas investigativos na África que enfrentam obstáculos devido à carência de treinamento, baixos salários e situações perigosas.

Rede Global de Jornalismo Investigativo
http://www.globalinvestigativejournalism.org
A Rede Global de Jornalismo Investigativo é uma coalizão sem fins lucrativos de todo o mundo, focalizada na investigação ou reportagens assistidas por computadores. Organiza conferências regionais para melhorar as práticas e para apoiar a formação de novos grupos que buscam a liberdade de informação. Em seu site também possui um grande diretório com as organizações participantes e outras redes de apoio a repórteres investigativos.

Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ, sigla em inglês)
http://www.publicintegrity.org/investigations/icij//
+1 202-446-1300
O consórcio, que foi lançado como um projeto do Centro para a Integridade Pública de Washington D.C., é um fórum internacional de cooperação entre jornalistas investigativos que trabalham com temas além das fronteiras nacionais. O consórcio é financiado pelo Centro para a Integridade Pública e foca temas como crime internacional e corrupção.

Rede Informativa de Investigação (INN, sigla em inglês)
http://www.investigativenewsnetwork.org
+1 213-290-3466
+1 818-582-3533
Este grupo serve como guardião dos meios de comunicação e como rede de apoio para as organizações sem fins lucrativos. Abrange mais de 50 agências de notícias norte americanas sem fins lucrativos.

Repórteres e Editores de Investigação (IRE, sigla em inglês)
http://www.ire.org
+1 573-882-2042
IRE é uma organização sem fins lucrativos de treinamento para jornalistas de investigação na Escola de Jornalismo de Missouri. Proporciona ajuda para os repórteres e protege os direitos de jornalistas investigativos enquanto promove os mais altos padrões para investigações completas.

Projeto de Reportagem sobre Crime Organizado e Corrupção (OCCRP, sigla em inglês)
http://reportingproject.net
+387 33-56-0040
O OCCRP é uma cooperativa de várias organizações de imprensa do leste da Europa e centros de investigação jornalísticos dirigida a compartilhar recursos e recomendações sobre a segurança para produzir reportagens investigativas sobre crime organizado.

Centro Filipino para o Jornalismo de Investigação (PCIJ, sigla em inglês)
http://www.pcij.org
+63 2 431-9204
O Centro Filipino para o Jornalismo de Investigação promove investigações nas Filipinas. O centro proporciona treinamento para jornalistas locais e para o sudeste da Ásia.

ProPública
http://www.propublica.org
[email protected]
+1 212-514-5250
ProPublica, radicada nos Estados Unidos, é um meio de comunicação sem fins lucrativos que produz investigações jornalísticas sobre abuso de poder. O grupo tem um interesse explícito em artigos que percebe com forte conteúdo moral e tenta induzir reformas positivas através de suas reportagens.

Pública
http://www.apublica.org
Pública é o primeiro centro sem fins lucrativos de jornalismo investigativo no Brasil e busca promover o jornalismo como bem público ao fortalecer investigações jornalísticas independentes. O centro trabalha com outros meios de comunicação no Brasil e internacionalmente e financia projetos para investigações em profundidade.

SCOOP
http://www.i-scoop.org
SCOOP é uma rede de jornalistas de investigação do leste e sudeste da Europa que busca cooperar em projetos internacionais e compartilhar experiências e ideias. A SCOOP funciona em 12 países e seu site possui uma lista extensa de centros de jornalismo investigativo em todo o mundo.


Próximo Capítulo: Apêndice F. Outros Recursoss

Tamanho do Texto
A   A   A
Ferramentas do Artigo

   

Print Imprimir

Share Compartilhar

Manual de Segurança para Jornalistas

Índice Analítico

Apêndice D. Manuais e Recursos de Jornalismo

Apêndice F. Outros Recursos

 



Manual de Segurança para Jornalistas » Ir para: