Go »
  Go »

Bolívia

2007



Santa Cruz de la Sierra, Bolívia, 8 de junho de 2007 –Apesar da existência de um clima aberto para o exercício do jornalismo, a intolerância do presidente Evo Morales frente a críticas nos meios de comunicação está criando dificuldades para o trabalho dos repórteres, segundo os resultados preliminares de uma missão de uma semana de uma delegação do Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) à Bolívia. Morales, ainda que tenha se comprometido a respeitar a liberdade de imprensa, acusou os meios de comunicação de uma cobertura com inclinação contrária a sua administração.
Nova York, 10 de janeiro de 2007 –O Comitê de Proteção dos Jornalistas (CPJ) condena os ataques de manifestantes e policiais contra pelo menos 11 repórteres, fotógrafos e cinegrafistas bolivianos que cobriam violentos protestos, segunda-feira, na cidade central de Cochabamba.

Milhares de manifestantes – incluindo membros do partido de esquerda no governo, Movimento ao Socialismo (MAS), sindicatos e grupos indígenas – tomaram as ruas para pedir a renúncia do prefeito local Manfred Reyes Villa, segundo os informes da imprensa local e internacional. O prefeito, aliado à oposição conservadora, anunciou na semana passada que convocaria um referendo para perguntar à população se esta deseja ter um governo autônomo no departamento de Cochabamba, informou a imprensa.

seguida: 2008 »

  Go »

Tamanho do texto
A   A   A
CONTATO

Américas

Coordenador sênior do Programa:
Carlos Lauría

Pesquisador Associado:
Sara Rafsky

clauria@cpj.org
SRafsky@cpj.org

Tel: 212-465-1004
Ramais 120, 146
Fax: 212-465-9568

330 7ª Avenida, 11 º andar
Nova York, NY, 10001 Estados Unidos

Categorias recentes